#DicasdaDeia: Como ter um armário mais funcional?

10:00:00



Se você está esperando ler por aqui o que deve ou não comprar pra ter um guarda roupas mais funcional... Post errado! 

Aqui no blog tenho vários que dou várias dicas do que ter e talz. Mas hoje as dicas são mais abrangentes, servem para qualquer tipo de armário, vida, necessidade e tudo mais, para ter um armário mais funcional, daqueles que a gente uso o máximo possível. 

Primeiro, precisamos fazer o mais trabalhoso e mais difícil que é analisar o que você tem e o que você usa ~de verdade!!! Nada de pensar naquela blusinha q você comprou e está esperando o momento certo pra usar ou até aquela calça jeans maravilhosa que cabia, mas quando perder aqueles quilinhos a mais vai caber de novo! 
Sei que é difícil se desfazer dessas peças afetivas ou guardadas pra determinadas ocasiões, seeeei muito bem! Mas em tempos de dinheiro, espaço e tempo escassos, ser prático é a melhor opção e ter um armário abarrotado de coisas que "Um dia vou usar" não ajuda muito.


A #Dica 1 e 2 são as mais tranquilas, na minha opinião, por que é fácil analisar o que sempre está entre a roupa lavada e passada, das peças que sempre estão pendurada nos cabides ou dentro das gavetas. 

Mas a #Dica 3 é a que pega, a afetiva, a que está entre a realidade e o sonho. Não estou falando para você se desfazer de absolutamente tudo, mas para analisar... Pensar e se for preciso repensar quantas vezes for necessário e decidir se é melhor ter aquela peça parada ou transformar ela em $ ou até em espaço para peças que você use mais. 

Já sofri e ainda sofro com isso, tenho peças que "esperam o dia certo" para serem usadas, mas toda vez que faço uma pequena análise ~ quanto mais fizer, mais rápido fica~ separo determinadas peças para fazer bazar, doar, trocar com as amigas. 


A #Dica 4, nada mais é do que uma das fases mais importantes, até por que "recuperar" um pouquinho do dinheiro investido nas peças é super legal, né? Tem algumas coisinhas que a gente guarda, mas que podem fazer a alegria de várias pessoas que não tem. Um casaco que já saiu de moda ou que está com um pequeno defeito, mas que bloqueia o uso, podem e devem ser doados. Caso você não tenha para quem doar, doe em instituições filantrópicas, ongs, igrejas. Aqui em Brasília, alguns centros espírita arrecadam para os bazares fixos, mas também existem arrecadações temporais. Por exemplo, na época do inverno é fácil encontrar-mos pontos de coletas de peças para a estação, assim como cobertores e itens de higiene pessoal. 

Já a #Dica 5 é a que deve ser levada muito a sério, para que os erros não se repitam. Com o passar do tempo liquidações, tendências e desejos aparecerão constantemente, mas se controla fia! 

A #Dica6 é para tentar se controlar nas promoções e nas lojas de departamento! Pensar e repensar no custo x benefício e na necessidade das peças são extremamente importantes! E deve ser um exercício diário! Abrir o armário e ver todo dia aquela peça encostada, dá um aperto no coração, não dá? Pensar nos dinheirinhos que foram investidos e estão ali, guardados, sem terem visto a luz do dia ou da noite, ou terem visto super pouco... Roupas também tem sentimentos, gente! 

Ahhhh, não estou falando em não comprar em promoções, claro que não! Mas em pensar se mesmo a peça estando super barata, vale a pena comprar, afinal, de que adianta ter uma peça de R$ 10,00 parada no armário e uma peça de R$ 100,00 que sai praticamente todo dia para ver a luz do sol?

E ai?? Vocês também tem algum tipo de "ritual" para organizar e otimizar seu armário?? Me conta! 

You Might Also Like

0 Comentários

Obrigada por chegar até aqui! Volte sempre... =)

Instagram

O blog apoia:

Facebook

Pinterest