Cortou?? Não, tirei pra doar! - Doação de cabelo

10:00:00


Nossaaaaaa! Como você é corajosa! 
Essa é uma das frases que eu mais escutei nas 2x que cortei meu cabelo curto e consequentemente, doei as madeixas.

Mas não me sinto tão corajosa quanto as mulheres que mesmo passando por um momento tão delicado na vida, que é o câncer, a quimio são.

Um ato tão simples, como doar um pouquinho do seu cabelo, pode transformar muito a vida de alguém que está num momento tão delicado...

A primeira vez que doei, eu fiz esse post aqui... E hoje voltei e estou fazendo outro! Olha como a vida nos prega peças, né?

Bom, primeiro vou explicar porque cortei a juba... Desde a primeira vez que doei, percebi que um pequeno ato desse pode transformar muito a vida de várias mulheres que perderam seus cabelos por tratamentos de saúde e porque não ajudar com uma coisa tão pequena, mas que tem tanto valor para elas?

Se você acredita ou não em signos e mapas astrais, não sei, mas eu acredito e em todos os lugares que já li e estudei dizem que meu signo ~peixes~ é extremamente altruísta, que ajuda os outros e talz. Não me via assim, mas com o passar do tempo vi que ajudar os outros sempre foi uma "rotina" pra mim e sempre com as coisas mais simples... Um sorriso, um bom dia, um boa noite e até um olhar de compaixão, muitas vezes podem fazer milagres.

Depois que entrei no Projeto Cão Guia, percebi a rotina de um voluntário, comecei a me envolver mais nas causas e ajudando no que eu conseguia e podia... E por isso, mais uma vez estou aqui, com as madeixas mais curtas, entregando meus fios longos e bem cuidados para a transformação da vida de outra pessoa.

Meu cabelo estava enorme, inclusive, acho que ele nunca tinha ficado tão grande... Mas já estava me dando trabalho, de um tempo pra cá eu parei de fazer escova e ele ao natural dava um trabalhinho, mas também era gostoso, ver os cachos tomando forma...

Depois de uma longa espera, passei praticamente 1 ano sem passar a tesoura, o dia chegou! Marquei salão e até a hora que sentei na cadeira não havia decidido se ia ou não cortar muito. Mas em 2 minutos decidi que mais uma vez a doação dos meus longos fios iam fazer parte da minha história e de mais alguém. Enfim, cortei! Não tão curto quanto a primeira vez, mas foi um diferença significativa.


Vou entregar o cabelo cortadinho no salão da Roberta Andrade novamente, ela mantém esse projeto tão lindo aqui em Brasília, em convênio ao Hospital de Base e não poderia deixar de participar mais uma vez e acompanhar essa revolução na vida de uma mulher que já está bastante fragilizada com a doença.

Vale a pena conhecer o trabalho da Roberta, viu?

Agora vou ali ajeitar meu cabelo curto e já pensar quanto tempo vou ficar sem cortar de novo para doar!
=**

You Might Also Like

0 Comentários

Obrigada por chegar até aqui! Volte sempre... =)

Instagram

O blog apoia:

Facebook

Pinterest