Diário de Intercâmbio: Passagem + Seguro Saúde

14:39:00



Mais um post do meu Diário de Intercâmbio e hoje o assunto é a passagem e o plano de saúde. Para tirar o visto é necessário você já ter a passagem (ida e volta) e o plano de saúde, pelo tempo que você vai ficar em Portugal, se não tiver os comprovantes... Quén, quén, quén... Nada de visto!!

As minhas passagens eu comprei pela CI - Central de Intercâmbio. Foi onde achei a cotação mais barata e o atendimento é bem legal. Você faz o orçamento pelo site e depois eles te ligam e você faz tudo de casa, não precisa ir nas lojas. De Brasília, existe vôo direto para Lisboa e de lá eu peguei um vôo para o Porto. A diferença dos vôos foi de mais ou menos 1:30 hora, só deu pra passar pela imigração e passar, literalmente, direto pelo Dutty Free. =/


Voltando ao assunto, aqui em Brasília tem loja da CI, fui lá uma vez, mas pra ver o valor do seguro saúde, mas lá estava caaaarrooooooo, pra xuxu! Se quiser ver se na sua cidade tem ou o endereço da CI mais próxima é só clicar AQUI.

Sem fazer propaganda, mas já quase fazendo. A CI tem um monte de programa de intercâmbio, até mochilão eles fazem. Então, quem quiser ver os planos, os pacotes e as modalidades de intercâmbio e de viagens internacionais é um site bem legal. Ah, e tem dica também... Quer viajar pra Austrália e não sabe muito bem o que visitar, onde ficar... Essas coisas? Dá uma vasculhada no site que tem bastante coisa legal mesmo. Algumas das minhas viagens durante o intercâmbio, eu consultei as atrações no site deles. =)

Já o seguro foi um parto. Eu queria um seguro legal que cobrisse bastante coisa mas que fosse fácil de usar. Por exemplo o meu seguro, mesmo com a moça me prometendo que eu podia ir em qualquer hospital e me dando a lista dos conveniados, quando precisei ir ao hospital fui encaminhada para um público. O atendimento foi até melhor do que em alguns hospitais particulares que já fui, mas como eu tinha feito o seguro achei que eu podia ir nos particulares.

Até dava para ir, mas era uma burocracia danada... Tinha que esperar para marcar consulta e blá blá blá... E para o que eu estava sentindo tinha que ser pronto-socorro.

Pois bem, o seguro que eu fiz foi o Icare Travel Assistance, ele cobria todos os países da Europa, com o valor mínimo 50.000 euros de cobertura e ainda o território americano (EUA). Esse seguro eu fechei com outra empresa de intercâmbio, a Intercultural.

Só usei o seguro 1 vez nesses 6 meses e foi bem tranquilo, mas não dá pra vacilar. Vai que eu me quebrava toda e não tinha seguro?? É aquele tipo de coisa que você paga não querendo usar... Mas vai que precisa. =/

Para os brasileiros que vão estudar/trabalhar em Portugal, existe o seguro que é um acordo entre Brasil e Portugal, chamado PB-4. Esse seguro, pelo pouco que sei, também é bem tranquilo de ser usado nos hospitais portugueses, mas bem chato de conseguir no Brasil, você tem que ter carteira de trabalho (CTPS), pagar a contribuição (INSS)... E ele só cobre o território português, se você viajar para fora não estará sendo assistido pelo seguro. Então não sei se vale tanto a pena, se você for viajar bastante, por que caso você vá fazer seguros 'picados' o valor pode ficar maior do que se você tivesse pagado tudo de uma vez.

Então acho que é isso...
Se alguém tiver alguma dúvida é só comentar ou mandar email. Ainda tenho os contatos das pessoas que conversei nas empresas de intercâmbio, pode ser que ajude se precisarem.

Espero que tenham gostado.
=***

You Might Also Like

1 Comentários

  1. Eu nunca viajaria sem seguro saúde, mas tem gente que gosta de "economizar" justamente com isso :P

    ResponderExcluir

Obrigada por chegar até aqui! Volte sempre... =)

Instagram

O blog apoia:

Facebook

Pinterest