search

Mais um compilado de looks!!! Tem look enquqenato aqui em Brasília ainda estava quente e também ...


Mais um compilado de looks!!! Tem look enquqenato aqui em Brasília ainda estava quente e também tem look de quando o frio chegou! =P
Mas o que importa é mostrar os looks que passaram lá pelo Instagram, né?

Look #1 - Vestido de moletom + Tênis + Jaqueta de Couro

Esse vestido apareceu nos outros looks e já estou com vontade de usar ele de todas as armas possíveis! hehehe
Lindo, básico e que vai com tudo. O look foi praticamente todo repetido, mas dessa vez em vez da bota de salto, coloquei um tênis básico. Adorei a transformação do look. Até a bandana amarradinha na bolsa deu uma bossa, né?
 

Créditos:
Vestido: Zara | Jaqueta: She In | Tênis: Moleca (Riachuelo - R$ 29,90) | Bolsa: Riachuelo: R$ 49,90

Look #2 - Cinza + Prata + Passarinhos

Look de moça séria, trabalhadora. hehehe 
Nada como o combo skinny + blazer pra ter um look ao mesmo tempo corporativo e descolado na medida certa. A camiseta com estampa de passarinhos deu a cor que o look precisava e a sapatilha prateada, trouxe a tendência dos metalizados pro dia a dia, de forma bem discreta, né?



Créditos:
Blazer: Zara | Camiseta: Feira da Lua (Goiânia) | Calça: Zara | Sapatilha: Renner 

Look #3 - Cão Guia

Voluntário, que é voluntário, veste a camisa! Alguns sabem que sou voluntária do Projeto Cão Guia de Cegos aqui de Brasília e nesse dia, estávamos em um evento, apoiando o projeto. E a camiseta estava lá, o resto do look super básico, nada d+, né?


Créditos:
Camiseta: Projeto Cão Guia de Cegos (R$ 35,00) | Calça: Forever 21 (R$ 35,90) | Tênis: Moleca (Riachuelo - R$ 29,90) | Cardigan: Mc Gregor (75 Euros - Amsterdam) | Bolsa: Riachuelo (R$ 45,90)

Look #4 - Listra + Parka

Tentando ainda a linha de trabalhadora, a skinny continua presente, mas dessa vez o foco foi a letra, misturada ao verde da parka e ainda o contraste com a sapatilha vermelha! Adorei essa composição, certeza que vou usar muitas vezes ainda. E para ainda dar uma cara de sofisticação ao look, coloquei um colar cheio de pedras e ficou super legal! 


Créditos:
Parka: Marisa | Blusa: Le Lis Blanc | Calça: Forever 21 (R$ 35,90) | Sapatilha: Zara (R$ 49,90) | Colar: HeM

Look #5 - Sobreposição + Prata

E o frio? Pois é, veio um dia, não veio outro, mas tô sentindo que está vindo devagarinho. E nada melhor pra ficar confortável, descoladinha e quentinha, o combo de camisa + suéter fica maravilhoso, né? Sobreposição sempre é uma boa pedida em dias mais friozinhos mas que a gente tem que ficar super arrumadinha. 



Créditos:
Suéter: Sem marca (Bazar - Casa de Ismael) | Camisa: Riachuelo (R4 39,90) | Calça: Zara | Sapatilha: Renner | Colar: Compre em Veneza

Look #6 - Listra + Parka + Bota

O combo parka + listra sempre funciona! Nesse dia ia passar o dia inteiro fora e tive que pensar em um look que funcionasse pra todos os compromissos. A parka mais quentinha, fechou o look bem tranquilo, com uma flagre que veste perfeitamente e uma camiseta de listra com aplicação no pescoço, que dispensa qualquer tipo de acessório mais pesado, nos pés a bota velha de guerra, com um saltinho confortável e super adequado pra esses dias. 


Créditos:
Parka: CeA (R$ 54,90) | Calça: Burberry (50 euros - Madri) | Camiseta: Zara (5 euros - Porto) | Bota: CeA (R$ 69,90) | Bolsa: Guess (Amsterdam)

Look #7 - Básico + Casaco Bordado

E quando a preguiça aparece?? E você não quer sair largada? Como faz? Tenha uma peça destaque que deixa qualquer look, por mais básico que seja com aquela carinha de "pensado". Essa minha jaqueta é meu xodó, uso super pouco pela delicadeza dela, mas ela sempre cumpre a sua função de iluminar o look, sem deixar ele chato e principalmente, deixa ele super lindo! O resto do look todo básico, só com a sapatilha prateada dando o toque de tendência do momento. 


Créditos:
Casaco: Stradivarius (25 Euros - Porto) | Camiseta: Vida Bela (R$ 19,90) | Calça: Forever 21 (R$ 35,90) | Sapatilha: Renner | Colar: Comprei em Veneza | Óculos: Primark (2,50 Euros - Berlim)







Que o frio chegou não é nenhuma novidade, né? Em alguns lugares mais e em outros menos, mas que junh...

Que o frio chegou não é nenhuma novidade, né? Em alguns lugares mais e em outros menos, mas que junho veio acompanhado com uma frente fria esse ano, veio.

E todo ano é o mesmo drama, pelo menos aqui em Brasília, frio e festa junina juntos é um combo de xadrez, botas e looks bem com cara de "pular a fogueira" mas a gente sempre tenta mudar e renovar o armário e os looks da melhor forma possível, né?

E esse ano nada mais legal do que a moda vir pra "causar"! A tendência dos pelos voltou e a bola da vez são os casacos à lá Chewbacca! Sim, o personagem do Star Wars ganhou as ruas e os looks das fashionistas e das "normais" também, por que a gente pode usar sim, né?

Vou mostrar uns jeitos bem legais de usar, dos mais fashionistas aos mais usáveis, afinal ousar nunca é d+, né?

Eu AMARIA ter um casaco inteiro de faux fur, mas ainda não encontrei um legal dentro das po$$ibilidades, sabe? Então, que tal adaptar a tendência??

A maior dica é: Se sua peça for muito chamativa, coloca um look mais neutro que funciona, mas se quiser usar com tudo chamativo também funciona! O importante é estar feliz com a roupicha!

 



 






















Tem um colete de pelos? Vale!
Tem um cachecol? Vale!
Tem algum casaco com capuz de pelo? Também vale



















A ideia aqui é se divertir e curtir a modinha!
Espero que tenham gostado e fiquem de olho lá no Instagram que vou pegar todas as minhas peças com esse tipo de material e vou usar, viu?
=**

Dia desses conversando com amigas, percebi ~mais uma vez~ que compramos muito por impulso , ...




Dia desses conversando com amigas, percebi ~mais uma vez~ que compramos muito por impulso, porém, existem impulsos que no fim das contas valem a pena e outros não... Afinal, quem nunca comprou uma peça e ela ficou lá guardada por dias, meses e até anos com a etiqueta pendurada, mas em compensação existem outras peças que compramos e usamos até furar, né?

Hoje resolvi escrever um pouco sobre a minha experiência em compras, não, não sou guru e muito menos contida! hehe Só tento comprar com mais qualidade em vez de quantidade, essas coisas que a gente só aprende com o passar do tempo mesmo...

Então para começar, que tal, primeiro, pensar no que essas peças tem em comum e no que tem de diferente, para elas terem tido tratamentos totalmente diferentes...

E depois de analisar os erros e acertos, bora pensar no custo x benefício? De que adianta comprar peças e mais peças de 10, 20, 30 reais e elas ficarem jogadas no fundo do armário? Não era melhor ter pagado 100 reais em uma peça e ter usado ela até acabar?

Bom, custo x benefício é bem relativo, né? Até por que pagar R$ 500,00 em um vestido de festa e só usar 2x é muito diferente de ter pegado os mesmos R$ 500,00 e investir em uma bolsa de marca, que vai do trabalho ao fim de semana, sem escalas e que você vai usar muito mais, né?

Com o passar do tempo, resolvi fazer alguns pequenos cálculos ~pequenos mesmo, sou de humanas, nada de equações, please! Para conseguir pensar e concretizar melhor esse ideal de ter um armário 100% usado.

E sabe o que também me ajuda em saber se os cálculos estão funcionando?? Os looks do dia! Sim, o registro das vezes que usei as peças me ajudam suuuper a ter uma melhor noção do que tenho e do que uso, além do autoconhecimento, a criatividade e até o arrependimento, super ajudam.




























Vamos para um exemplo prático: um tempo atrás comprei a Melissa Mar, paguei R$ 109,90. Cada uso de sapatos é R$ 20,00, então pela fórmulazinha...  Vamos dividir o valor de R$ 109,90 por R$ 20,00 que dá 5,5. Ou seja, depois de 5 usos e meio a minha Melissa já foi "paga".

Fiz umas tabelinhas de consulta para fazer esse cálculo, mas ela é referência para as minhas necessidades!


Ahhh, claro... Depois de um tempo eu faço um tipo de "auditoria" para colocar na balança o que valeu ou não a pena comprar e essa técnica está super funcionando, que tal você tentar também?

Espero que tenham gostado e se tiver alguma outra dica, me contaaaaa! =D

Sabe sábado? Sabe calor? Sabe frio? Sabe Brasília? Então... hehehe Usei esse look num sábado, q...

Sabe sábado? Sabe calor? Sabe frio? Sabe Brasília? Então... hehehe

Usei esse look num sábado, que estava super ensolarado, mas que o ventinho frio do outono batia na sobra, sabe? Então já saí de casa preparada para o frio que podia passar durante o dia! Mas para não morrer de calor também, escolhi esse vestido ~roubado do armário de mamis~ e finalizei com a jaqueta, que passou a maior parte do dia amarrada na cintura, mas no finalzinho do dia foi o que me salvou!

Agora vamos filosofar um pouco sobre o combo - Vestido + Tênis... Acho que todo mundo tem ícones de estilo, né? Tipo pessoas que te inspiram, que te fazem repensar algumas peças, estilos, cores... Eu sempre fui muito curiosa e observadora, então sempre via mulheres pelas ruas de Brasília, e de todas as outras cidades, super confortáveis e "descoladas" com seus vestidos, shorts, calças e nos pés, tênis! Conforto na medida... Um dia, coloquei na minha cabeça que um dia seria uma dessas mulheres, que sai confortável, mas nem SEMPRE parece uma bonequinha! O combo que pode até ser um pouco infantil, pode ser tratado como moderno! Olha que maravilha é a moda!! Esse vestido, que já usei de salto, de rasteira, de sapatilha, dessa vez funcionou e MUITO bem com um tênis! O importante é... Estou me tornando aquelas que tanto admirava/admiro pelas ruas... Me preocupando menos com o sempre perfeita e me preocupando mais com o que me faz bem, com meu conforto e com a minha felicidade...
Agora sim a frase: Estilo é como vinho, melhora com o tempo! Faz tooooooodo o sentido do mundo! 

Que tal parar um pouquinho de se preocupar com os outros e pensar em VOCÊ? 









Créditos:
Vestido: Forever 21 (R$ 45,90) | Jaqueta: Zara (20 Euros - Porto) | Tênis: All Star Converse | Bolsa: Riachuelo (R$ 49,90) | Óculos: Diesel

Fotos: André Miranda

Espero que tenham gostado!
=**

Nossa, como eu tinha esquecido de fazer esse post??? Um momento tão legal, que não poderia ter pass...

Nossa, como eu tinha esquecido de fazer esse post??? Um momento tão legal, que não poderia ter passado em branco assim. #ShameOnMe



















Bom, ano passado, pelas andanças na internet, enquanto ainda estudava moda, li sobre uma biblioteca de modelagens, achei o máximo e fui correr atrás. Foi daí que me deparei com o Ateliê Vivo e realmente funcionava como uma biblioteca de modelagens, inclusive com moldes de estilistas famosos como Herchcovitch, Ronaldo Fraga e outros.

Me encantei com todo o projeto, fui correr atrás de me inscrever, mesmo sabendo que era em SP, pq vaaaaaai que eu teria a oportunidade de ir, né?? Mandei e-mail e um tempão depois recebi a resposta e ela era maravilhosa!!! Estavam me pedindo para indicar os dias que poderia ir, pensei, pensei, pensei... E marquei para o início de novembro.

Guardei o $ suficiente, poupei tudo que dava e fui! Aproveitei São Paulo ~ amooooo SP~ e no sábado que estava na cidade, fui conhecer e projeto e aproveitar a oportunidade.

Senta que lá vem história... Um prédio quase abandonado, a Casa do Povo, num dos bairros mais conhecidos pelas vendas de roupas, o Bom Retiro, que está em processo de revitalização abrigava o projeto, um andar inteiro, quase vazio, mas cheio de sonhos, vontades e principalmente, talentos

Um grupo de jovens senhoras já estava cortando e costurando peças, pensando quando iria usar aquela peça “do estilista famoso” costurada por elas... Eu, encantada, poderia ter ficado o dia inteiro ali, observando, percebendo e aproveitando a companhia de todos os envolvidos, mas também queria me envolver! Abri minha mochila, onde carregava alguns tecidos (requisito para participar do projeto) e fui à minha mesa, pra também fazer a minha peça com o molde da biblioteca. Procurei vários moldes, queria aproveitar todos, mas o tempo, uma tarde de sábado era muito pouco pra tanto. Escolhi, peguei meus apetrechos e também fui participar daquele sonho!

4 horas depois, 3 peças quase acabadas – eu fiquei com vontade de vivenciar o projeto no meio dos processos, deixei a costura quase no fim e fui conversar, sentir e lanchar com todo mundo. Tirei algumas fotos, conversei e saí de lá flutuando! É... flutuando! Percebi que o consumo consciente existe e tem gente pensando na maré contrária ao fast. O slow está aparecendo, de forma tímida ainda, mas está vindo e percebo que cada dia mais está ganhando força ~de vontade e de trabalho~.

Fiquei extremamente honrada de participar desse projeto, ter sido uma das pessoas a apoiar o projeto e principalmente, por vivenciar tudo aquilo. Obrigada grupo G>E pelo projeto, sendo de Brasília e não conhecendo projetos tão criativos fico até besta com tanta vontade e criatividade que São Paulo proporciona aos estudantes/amantes de moda. 

Para mais informações: atelievivo@gmail.com




















Foi bom! Valeu, até a próxima!


Fotos: André Miranda
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...